domingo, 22 de janeiro de 2017

DOCUMENTÁRIO DE PRIMEIRA - MUITO A DESCOBRIR...(conselho do discotecário-programador Odinovaldo Dino Bueno) História da música caipira

INSISTA NO SONHO.: DISCOTECÁRIO-PROGRAMADOR ACONSELHO...Samba de Lupi...

INSISTA NO SONHO.: DISCOTECÁRIO-PROGRAMADOR ACONSELHO...Samba de Lupi...

INSISTA NO SONHO.: RÁDIO DE OUTRORA PARA SE OUVIR AGORA - VIAGEM AO P...

INSISTA NO SONHO.: RÁDIO DE OUTRORA PARA SE OUVIR AGORA - VIAGEM AO P...: Zezé Oliveira 1 h  ·  Bom dia amigos do FACE, daqui a pouco, as 8 HORAS DA MADRUGADA estaremos no...

sábado, 21 de janeiro de 2017

SÃO SEBASTIÃO DO PARAÍSO/MG/ BERÇO DE ADMIRÁVEIS ENXADRISTAS E VEJA A HISTÓRIA DO GM DE LÁ E O FILME DO BLITZ ELABORADO PELO GERSON PERES BATISTA.


Vamos avançando a boa noite, quando aproveitamos, antes de ir ao bom repouso, o bom Circuito Blitz 2017 - que o grande amigo-incentivador de xadrez -Gerson Peres Batista - que incentiva o admirável xadrez na sua querida São Sebastião do Paraíso -MG, nos brinda com esta gravação. Clique e verifique que o xadrez é praticado com cinco minutos de reflexão a cada enxadrista. Observe que mesmo assim, como os enxadristas controlam a ansiedade do aperto tempo, como no JOGO DA VIDA, cada enxadrista recebe a pressão do relógio! Veja que quando o bom enxadrista, Thales Braghini Leão, campeão neste Circuito Blitz (xadrez relâmpago contra o relógio) pára e pensa nos lances e seu oponente, valorizando sua vitoria,também reflete sobre tomar o bispo que esta em h6, com seu bispo de g7, quando já tirara a torre de f8. 
Um bom exemplo de ataque das brancas ao roque pequeno das negras, numa linha agressiva. Louvável manobra do campeão que bem conduziu o ataque das brancas, além de ficar em posição ganhadora, venceu antes pelo tempo, já que venceu o tempo do oponente antes do belo desfecho do ataque... 
 Se aprecia o xadrez - a arte de pensar para depois agir - assista...
Depois - no fundo do vídeo - jogando com tempo apertado pra ambos - o amigo Gerson Peres Batista - autor de vários livros de xadrez e divulgador deste fascinante e milenar jogo de xadrez - vence seu oponente... 
Parabéns aos participantes e aos cidadãos da famosa São Sebastião do Paraíso pelo respeitável número de praticantes da arte de pensar para depois agir. Cidade que por onde andamos, com imenso prazer,ouvimos referência ao bom nível de seus enxadristas - tendo no seu rol um GM (grande mestre - conhecido nos circuitos internacionais) e nosso amigo- o advogado Danilo Epitácio Neves Rosa - bicampeão nos torneios da OAB/CAASP. Sendo seu primeiro título em setembro de 2012, em Campinas - nos 70 anos da Liga Campineira de Xadrez -quando o GM Mequinho o entregou o belo troféu e tivemos o prazer de ser seu oponente à mesa 1 - naquele festivo evento enxadrístico. " É o esporte arte-ciência em na nossa história!" Tocando em frente...
Ah...veja uma entrevista - hoje GM Evandro Amorim Barbosa -natural de São Sebastião do Paraíso...

Publicada em 20/05/2012 às 10:14:00
Entrevista com Evandro Amorim Barbosa

Perfil
Nome completo: Evandro Amorim Barbosa
Nome completo dos pais: Maria Ivanete de Paula e Vandeir Amorim Barbosa
Cidade onde nasceu/reside: São Sebastião do Paraíso/MG
Data de nascimento: 24/8/1992
Cidade que representa nos Regionais e Abertos de SP: São Caetano do Sul
Escolaridade: ensino médio completo
Profissão: enxadrista
Rating (1º de maio de 2012): 2401 pontos
Título na Fide: mestre internacional

Entrevista
Fale sobre a conquista da norma de grande mestre no Magistral Internacional Cidade de Osasco 50 anos, realizado de 25 de abril a 1º de maio.
A princípio quem jogaria o torneio era o MF Wagner Madeira. Com sua desistência e a convite deste eu entrei no torneio. Eu não esperava conseguir essa norma de GM, a ideia era jogar pra ganhar mais experiência e melhorar meu jogo. Mas, aconteceu e acabei fazendo um ótimo torneio!
Como é o seu treinamento no xadrez?
Eu tento ver xadrez todos os dias e estudar cerca de 4h por dia, e quando está se aproximando de torneios importantes aumento um pouco o ritmo de estudo.
Qual a importância dos programas de xadrez hoje na preparação?
Hoje em dia é essencial o uso de programas de xadrez, especialmente para a preparação de aberturas.
E o livros, quais recomenda?
Não li muitos livros, mas alguns que foram importantes para meu desenvolvimento: Estratégia Moderna do Xadrez, Pense Como Um Grande Mestre, Zurich 53, Imagination in Chess. Estou lendo os livros do Dvoretsky e recomendo todos deste autor.
Por morar numa cidade do interior de Minas, você sente alguma dificuldade para evoluir no xadrez? Hoje ainda há diferença no progresso enxadrístico viver nos grandes centros ou no interior?!
Com relação ao meu desenvolvimento no xadrez é indiferente morar numa capital ou numa cidade do interior, já que você consegue toda a informação necessária pelo uso da informática. O único problema é o deslocamento para participação nos torneios, onde as viagens ficam mais longas.
E sua carreira de treinador? Fale dos seus alunos e como tem sido o trabalho com eles.

No momento tento manter poucos alunos para não atrapalhar no meu treinamento no xadrez. Mas é bem legal ver quando seu aluno está evoluindo, tendo bons resultados nos torneios com a sua ajuda.
Você namora há muitos anos uma enxadrista, a bicampeã mineira feminina Camila Marques de Pádua. É mais fácil o relacionamento com alguém que também joga xadrez?
Sim, já que a Camila joga entende melhor a questão de eu estar sempre viajando. Ela também é muito importante porque está sempre torcendo e me dando força!
Assim que terminou o 2º grau você fez a opção por ser enxadrista profissional. Como tem sido lidar com esta profissão? Quando for fazer faculdade, já sabe que curso será?
Tem sido muito bom, pois faço o que gosto e consigo viver bem tranquilo com essa profissão. Já a faculdade, no momento não vejo necessidade já que pretendo continuar trabalhando com xadrez. Provavelmente farei o curso de Direito, no futuro.
Sua família o apoia em sua profissão?
Sim, minha família sempre me apoiou desde o início, pois sabe que estou fazendo o que realmente gosto.
Recentemente você fez um tour de xadrez pela Europa. Como foi a experiência de jogar lá?
Essa viagem eu já queria fazer há um tempo para me testar, e como resultado vi que para jogar torneios em um nível mais alto é preciso estar melhor preparado. Gostei bastante dos torneios e pretendo voltar em breve para obter melhores resultados.
E as demais viagens internacionais que fez para jogar xadrez? Que países você foi e para disputar quais campeonatos?
Já joguei alguns Mundiais e Pan-americanos de categoria: Equador/2006, Turquia/2007, Grécia/2010 e Equador e Índia/2012.
E os Jogos Regionais e Abertos deste ano, você jogará por qual cidade?
Jogarei pela cidade de São Caetano do Sul.
Próximos torneios importantes.
Disputarei, entre outras competições, o Sul-americano Juvenil (Paraguai), Pan-americano Juvenil (Brasil) e o Continental (Argentina). Também pretendo participar do Mundial Juvenil, na Grécia.
Principais títulos.
Campeão mineiro absoluto – 2007.
Campeão brasileiro sub16, sub18 e sub20.
Vice-campeão do Zonal 2.4 – Araruama/2011.
Campeão do Regional Sudeste – São Paulo/2011.
Melhor partida.

Segue minha partida com Mareco no Magistral de Osasco. Escolhi ela nem tanto pela partida em si, mas por ter sido decisiva da minha primeira norma de GM.
Mareco,Sandro (2579) - Barbosa,Evandro Amorim (2399) [B38]
Magistral Osasco 50 Anos Osasco (7.3), 29/4/2012
1.Cf3 c5 2.c4 Cc6 3.d4 cxd4 4.Cxd4 g6 5.e4 Bg7 6.Be3 Cf6 7.Cc3 0–0 8.Be2 d6 9.0–0 Cxd4 10.Bxd4 Bd7 11.Dd2 Bc6 12.f3 a5 13.b3 Cd7 14.Bf2 Cc5 15.Tab1 e6 16.Bd1 Be5 17.Bc2 f5 18.exf5 gxf5 19.Tfe1 b6 20.Ce2 Ta7 21.f4 Bf6 22.Tbd1 Ba8 23.Cg3 Dc8 24.Bxc5 dxc5 25.Dd6 Bd4+ 26.Txd4 cxd4 27.Dxe6+ Dxe6 28.Txe6 Td7 29.Bd3 Be4 30.Cxe4 fxe4 31.Txe4 Rf7 32.Rf2 a4 33.b4 a3 34.g4 Ta8 35.Te5 Te8 36.Txe8 Rxe8 37.Be4 Tc7 38.Re2 Txc4 39.Rd3 Txb4 40.Bxh7 Tb2 41.Bg8 b5 42.g5 b4 43.Bc4 b3 0–1
Espaço para agradecimentos e/ou considerações finais.
Agradeço minha família, minha namorada e meus amigos por sempre me apoiarem na minha carreira como enxadrista e ao CXOL pela entrevista.

Fonte: entrevista publicada no
site Clube de Xadrez Online
-9:04
104 visualizações
Gérson Peres Batista fez uma transmissão ao vivo.
4 h
Circuito Blitz 2017 do Clube de Xadrez de São Sebastião do Paraíso/MG: Rodada 6 - Mesa 1: Thales Braghini Leão x Diego Ferreira

sexta-feira, 6 de janeiro de 2017

O AMIGO ROBERTO TELLES - NUMA CRÔNICA AGRADÁVEL(SOBRE O TEMPO) E OS PARTICIPANTES DE NOSSO BOM DIA MESMO... TOCANDO EM FRENTE...

    Vamos pensar... Ah, como disse o sapiente amigo-enxadrista da velha guarda de Indaiatuba, João Manoel, a justiça vem a cavalo...
    Se você encontrar a resposta, não a escreva, apenas deixe uma frase criativa associada à solução.
    Comentários
    Odinovaldo Dino Bueno
    Escreva um comentário...
    Do velho e sapiente amigo, o árbitro de xadrez famoso, Roberto Telles de Souza, com quem sempre aprendi muito...
    CRÔNICA (*)
    O SENHOR DO TEMPO 
    Figura obrigatória nas competições, o relógio de xadrez cria dificuldades adicionais para os jogadores, porém sua utilização é imprescindível. No passado, um jogador chegava a demorar horas, ou um dia todo, segundo alguns registros, para fazer até mesmo um único lance, ora por preciosismo, ora pela complexidade de uma posição, ou até mesmo como tática antiética para desestabilizar o adversário. Criou-se, por isso, necessidade de se coibir esses abusos. O relógio com dois mostradores veio para solucionar o problema. Cada jogador, com o controle específico no relógio, dispõe de um tempo convencionado para jogar a partida. Quando um jogador, ao finalizar sua jogada no tabuleiro, aciona o seu mecanismo de tempo, imediatamente o andamento de seu tempo é interrompido e o tempo passa a correr apenas para o oponente. Mas, como já é de domínio público, toda solução gera novos problemas. A propósito, jogar xadrez também é uma forma de solucionar problemas que antes, do início da partida, não existiam. Essa é a dialética das estratégias humanas. Com o relógio não foi diferente.
    A pressão exercida pelo tempo exige nervos de aço dos competidores. Não é fácil, por exemplo, encontrar uma sequência de dez, vinte lances, em trinta, vinte segundos, ou menos. Alguém mais crítico poderia dizer: “Oras, o tempo é igual para os dois enxadristas, não havendo assim nenhuma injustiça”. Quanto a isso, é importante lembrar que o tempo psicológico decisivamente não corresponde ao tempo físico. Alguém já disse que o tempo é relativo. Em tempo, o tempo (sem trocadilhos) é tão relativo que para enxadristas de alto rendimento não vale a máxima: “Time is money”.
    Alguns relógios, porém, principalmente os analógicos, apresentam defeitos que podem eventualmente prejudicar ou favorecer um dos competidores, quando esse problema não é percebido. No caso do problema ser notado, em competições mais formais, chama-se o árbitro e alguma medida saneadora será aplicada, com a devida correção do tempo. Existem até normas oficiais que regulamentam essas situações, ainda que todas as normas parecem ter sido inventadas para ser burladas. O gosto pelo desafio de alterar o status quo - situação atualmente estabelecida - exerce um estranho domínio sobre alguns, especialmente os revolucionários e, por outro lado, os oportunistas de plantão, estes sempre motivados pela Lei de Gérson, cuja concepção - explicação para os mais novos - é de que, na vida, a ideia é levar vantagem em tudo. 
    Já é tempo de retornarmos à crônica. Por muitos anos, um enxadrista paulista recorreu a uma criativa atitude desonesta. Seu estilo, numa linguagem enxadrística, era o tático. Especialista em golpes e ciladas de abertura, vencia com facilidade os menos experientes, mas era habilidoso em criar complicações táticas para os experts. Transferiu, dos tabuleiros, esse seu estilo até mesmo para vida, quando as circunstâncias lhe fossem favoráveis, ou, quando estas eram adversas, sempre buscou espertamente alguma forma de desestabilização como estratégia de alterar tudo que estivesse aparentemente definido. 
    Inconformado com a rigidez do controle de tempo, esse criativo e inescrupuloso enxadrista resolveu, a exemplo do titã mitológico grego, Khronos, apoderar-se do domínio do tempo. Essa foi mais uma de suas manobras táticas. Há alguns anos, inexplicavelmente confessou a um jogador, ao final de um torneio, que sempre levava em sua mochila dois relógios analógicos nas competições. Cada um deles programado técnica e especificamente para obter suas vantagens extra-tabuleiro – não sei se a expressão é a mais adequada. Com o auxílio de um hábil relojoeiro, alterou o funcionamento desses relógios para que, em um dos mecanismos, o tempo fosse mais acelerado e, no outro, um atraso calculado para a devida compensação, de tal forma que a soma dos tempos acompanhasse o tempo das demais partidas. Esse golpe seria imperceptível até mesmo aos grandes mestres. Usava um dos relógios quando jogava de brancas e outro, com as negras. Eram poucos os minutos adicionados por hora de jogo, mas inegavelmente conferiam significativa “gersiana” vantagem a esse que justifica o título desta crônica: “O Senhor do Tempo”. Não tivesse o nosso anti-herói confessado o ilícito, essa notável conduta antiética não teria gerado este texto. Admirável feito da maquiavélica engenhosidade humana. 
    Khronos e kairos eram as duas palavras utilizadas pelos gregos para designar o tempo. Khronos refere-se ao tempo cronológico, ou sequencial, que pode ser medido e kairos refere-se a um momento indeterminado no tempo, em que algo especial acontece. É bom lembrar, ainda que pese meu quase ateísmo, que em Teologia, “kairos” é "o tempo de Deus". Talvez o nosso imaginativo Senhor do Tempo desconhecesse o kairos, pois certamente pensaria numa forma de controlá-lo. Para um tático, existe um certo otimismo, porque nenhuma situação é definitivamente definida, sem redundância. 
    Hoje, a bem do xadrez, o Senhor do Tempo já não disputa torneios oficiais. Em sua prática nos tabuleiros desta vida, conseguiu subverter até uma famosa frase do escritor argentino Julio Cortázar, que escreveu: “Nenhum homem do mundo usa relógio. São os relógios que usam os homens do mundo”. O Senhor do Tempo, desvirtuando a proposição filosófica, usou o tempo de seus, na maioria das vezes nada semelhantes, adversários.
    (*) Autoria de Roberto Telles de Souza, Árbitro Internacional de Xadrez
    Comentários
    Odinovaldo Dino Bueno
    Escreva um comentário...
    Bom dia...mas bom dia mesmo... 
    Primeira sexta-feira do ano, que sua meta vem em franco desenvolvimento, superando e se reforçando através de algum obstáculo, pois este a cada superação, mais nos fortalece! Quando achar que a estrada é longa, olhe pelo retrovisor as etapas vencidas e veja quantos estão começando o caminho que você, com arte, já deixou para atrás... Tocando em frente...Bom dia mesmo!
    Comentários
    Florisa Amélia Gonçalves Polettini Booooooommmm diaaaaaa moço!!!!
    DescurtirResponder15 h
    Sonia Zeni Bom dia
    DescurtirResponder15 h
    Cassia Manara Bom dia amigo
    DescurtirResponder14 h
    Elisena Justino Bom dia
    DescurtirResponder14 h
    Oscar Xavier de Campos Bom dia amigo ..
    DescurtirResponder14 h
    Elizabete Oliveira Bom.diaaaaa
    DescurtirResponder14 h
    Jane Percebom BOM DIA................
    DescurtirResponder14 h
    Odete Botelho Bom dia
    DescurtirResponder14 h
    Cecília Manera Bom dia
    DescurtirResponder14 h
    Nelson Jorge Adorno Ventura Bom dia Odinovaldo!
    DescurtirResponder13 h
    DescurtirResponder13 h
    DescurtirResponder13 h
    Naná Maria José Bianchi Bom dia Odinovaldo!!!
    DescurtirResponder13 h
    DescurtirResponder13 h
    DescurtirResponder13 h
    Argemiro Repas Precisamos, sempre, recorrer à superação, BOM DIA, DINO.
    DescurtirResponder13 h
    Lee Maria Bom dia
    DescurtirResponder13 h
    Vanda Vieira Agostinho Bom dia Odinovaldo!
    DescurtirResponder12 h
    DescurtirResponder12 h
    Sandra Bonatti Bom dia Odinovaldo. !
    DescurtirResponder12 h
    Danilo Coimbra Bom dia
    DescurtirResponder12 h
    Vilma Vieira Bom dia.
    DescurtirResponder12 h
    Odair Benedito Bom dia
    DescurtirResponder12 h
    Edson Andrade Bom dia caro Odinovaldo Bueno.EA
    DescurtirResponder11 h
    Vera Favalli Bom dia
    DescurtirResponder11 h
    Ana Lucia Fragoso Bom dia Odinovaldo! Caminhar sempre, a vida sempre nos traz novas paisagens, se são belas ou não, depende apenas dos nossos olhares.
    DescurtirResponder11 h
    Maria Cibele Malis Bom dia Poeta
    DescurtirResponder152 min
    Claudio Herminio Bueno Bom dia meu amigo, esse ano apesar da mídia, estar pintando de vermelho, vem vindo, tranquilo, com o US £ baixando, parece que paramos de fazer festa e começamos a pagar nossa conta, que está alta, mas se a cada dia inventar uma maracutáia, iríamos pedir dinheiro para os Castros,Maduros, da vida. 
    Diria que não é o melhor mundo,mas é o que temos.
    DescurtirResponder116 min
    Maria Trindade Bom dia
    DescurtirResponder114 min
    Odinovaldo Dino Bueno Agradecemos o bom dia mesmo,cheio de criatividade, com nossos sapientes visitantes. Vamos aos blogs - onde ficaram guardadas estas memórias à história...
    Odinovaldo Dino Bueno
    Escreva um comentário...
    Boa noite...mas boa noite de merecido descanso... 
    Quando for firme em sua meta, com certeza, o obstáculo passa a ser uma etapa de um dos seus planos...
    Tocando em frente...Boa noite MESMO!
    Comentários
    Lourdes Cardoso Boa noite
    DescurtirResponder112 h
    Enise Rocha Boa noite.
    DescurtirResponder112 h
    Lucia Helena Rodrigues BOA NOITE!!!
    DescurtirResponder112 h
    Angela Maria Setti Boa noite
    DescurtirResponder112 h
    Odinovaldo Dino Bueno Agradecemos as sapientes mentes que por aqui passam e deixam este amável boa noite: Lourdes Cardoso; Enise RochaNelson PradoMaria Aparecida Freitas GasparottoLucia Helena Rodrigues; da parente Angela Maria Setti, pessoas que sabem que quando desejamos o melhor, com certeza, no espelho da vida este desejo é nossa reflexão...
    CurtirResponder12 h
    João Roberto Cani Boa noite.
    DescurtirResponder112 h
    Ana Lucia Fragoso Boa noite Odinovaldo! Recarregar as baterias para encarar os desafios, isso é fascinante!
    DescurtirResponder112 h
    Edi Arruda Ignacio Boa noite!
    DescurtirResponder111 h
    DescurtirResponder111 h
    Edson Andrade Boa noite e bom descanso Odinovaldo.EA
    DescurtirResponder111 h
    Luiz Domingues Boa noite
    DescurtirResponder111 h
    Odete Botelho Boa noite
    DescurtirResponder110 h
    DescurtirResponder110 h